Limites de Rotação – Parâmetros Para Cálculo e Fatores de Correção

Quando um rolamento atinge ou excede o seu limite de rotação – isto é, a rotação máxima empiricamente estabelecida – pode não ser capaz de operar estável. O limite de rotação depende de vários fatores, e pode ser aumentado utilizando um fator de correção.

Os limites de rotação para os rolamentos lubrificados a óleo ou graxa, estão listados em catálogo. Estes valores são baseados em rolamentos comuns suportando uma carga normal, sendo assumida a lubrificação por banho de óleo nos valores para lubrificação a óleo.

Alguns tipos de lubrificação não são recomendadas para altas rotações, caso a velocidade de rotação for superior a 70% da velocidade limite indicada nas tabelas, deve ser utilizado óleo ou graxas apropriadas para altas rotações.

Condições e fatores especiais

O limite de velocidade é afetado por condições variadas e fatores especiais, incluindo:

  • Tipo de rolamento e tamanho
  • Grau de precisão
  • Folgas
  • Desenho de gaiola e material
  • Lubrificação
  • Cargas
  • Dissipação de calor
  • Ambiente

Aplicando um fator de correção para ajustar o limite de rotação

Se as condições mencionadas foram verificadas e levadas em consideração, o limite de rotação disponível em catálogo pode ser aumentado utilizando um fator de correção. Para a aplicação, o limite de rotação é multiplicado pelo fator de correção específico do rolamento em questão, estes fatores só podem ser utilizados quando:

  1. A carga equivalente aplicada no rolamento (P) é de no máximo 8% da Capacidade de Carga Básica Dinâmica (Cr), ou
  2. a força axial (Fa) não exceda a carga radial em mais de 20%.

Os limites de rotação e fatores de correção são apenas um guia.

*Recomendamos contatar-nos em caso de operações de alta velocidade.